I Congresso Hiperdada

Home ] Up ] [ Manifestos hiperdada ] Primeiro Poema Português Dada ] Breviário de Semiótica Hiperdada ] Perspectiva Antihistórica do Movimento Dada ] No Tempo dos Nossos Avós ] Arqueologia dada - um estudo superficial ] O Tempo Dilatado - A relatividade hiperdada ] Einstein entrevista Rui Zink ] Geração Feliz,  um documentário impossível ] Último poema português dada ] Introdução ao Terrorismo Cultural ] PORNEX 84 - Inventário ] Homeostética ]


Manifestos hiperdada

Índice 

Exercício de escrita eutomática.

13 pontos para um  manifesto hiperdada


Exercício de escrita eutomática.
 
 
Eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu,
eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu,
eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu,
eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu,
eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu,
eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu,
eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu,
eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu,
eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu,
eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu, eu.
 
 
 
 
                                                                                           Eu.
 

13 pontos para um

manifesto hiperdada

1

É noite, noite torturada, noite tortuosa, noite rigorosa. Boa noite, santa noite, noite de dia, noite fria, noite calada, noite anoitecida, noite conjugada, noite prevalecida. É noite e eu estou cansado.

É dia, dia convalescente, um dia igual aos outros, um dia diferente dos outros. Um dia encanecido, com pregas e demais gorduras, um dia amortecido, tropeçado, mal amanhado. É dia e ela está aborrecida.  

São horas. Horas estivais, horas em picotado, recortáveis e sensaboronas, horas que não mentem, quase nunca se atrasam, cumprem o horário à risca, horas que desovam a horas.  

São anos e depois prontos. Dá nisto  

2

O tempo sempre soube onde começou, mas nunca onde acabar. É tempo de isto mudar. É tempo de fazer outro tempo. Urge. Urge. A arte é o contrário do tempo: sabemos sempre onde acaba, mas nunca onde começa. É o mistério da génese.

Palavra do Senhor.  

3

A arte está tanto em toda a parte que já em parte alguma há arte. E isso é bom.  

4

Quem semeia ventos colhe tempestades, disseram eles. Pusemo-los em tribunal por publicidade enganosa.  

5

“Deus existe?” – é uma pergunta académica, aliás falseada. “A América existe?” – é uma questão filosófica, por detrás da qual estará (quiçá) a verdade a que temos direito.    

6

Não perguntes o que os Felizes da Fé podem fazer por ti. Pergunta antes o que podes fazer pelos Felizes da Fé. 

7

Certo, mas há mais:

Não perguntes o que os Felizes da Fé podem fazer por ti. Pergunta antes o que os Felizes da Fé podem fazer por ti.  

8

A diferença entre uma vaca e um rebanho de vacas é que a vaca solitária, ao menos, sabe que não é uma ovelha.  

9

Em inglês “Dog” e “God” têm o mesmo número de letras. Dá para fazer jogos profanos fabulosos. Imagine-se então onde não chegariam os ingleses se “Dog” e “God”, além do mesmo número de letras, tivessem também as mesmas letras – só que invertidas.  

10

Em português não temos tanta sorte. Há o “crer é poder”, claro, mas pouco mais. Por exemplo, “tempo é dinheiro” dá poucos jogos. Podia ser “tempo é pinheiro”, ou “tempo é, dinheiro o põe”, mas pouco mais. É caso para perguntar: onde não chegaríamos nós, portugueses, se, na nossa língua, “Dog” e “God” também tivessem o mesmo número de letras.  

11

Se calhar, inventávamos o “Scrabble”.

12

Assim, não inventámos o “Scrabble”. 

13

E é pena.

RZ  


Por favor, envie as suas perguntas sobre estas manifestações para mainifest1@felizes.com .  Serão respondidas publicamente dentro de 1 hora relativa.

 


 FF home | FF o que é? | Historial | Futuro | O Filme | Livro de visitas | Hiperdada | Congresso | Indice

hugo.bola(at)clix.pt

Bravenet Hit Counter
Powered by Bravenet
View Statistics